Série Cristãos Invisíveis // #02 Modefica

0

Enquanto alguns estampam a cruz no peito, outros acreditam que o melhor lugar seja sobre os ombros, e carregam de forma silenciosa e criativa. Através de movimentos, plataformas e business, levam o cristianismo em forma de valores sólidos. E é exatamente isso que queremos mostrar na nossa série Cristãos Invisíveis  – iniciativas lideradas por cristãos.

Existe uma divisão gnóstica sobre o sagrado e o profano, que embora seja do século passado ainda permeia o cristianismo nos dias de hoje, a ideia de quem trabalha dentro das quatro paredes da igreja agrada mais a Deus do que quem serve a Cristo em outras esferas da sociedade, também é ponto de interrogação na mente de muitos cristãos. E é exatamente isso que queremos desmistificar na nossa série Cristãos Invisíveis – iniciativas lideradas por cristãos.

Enquanto nossa imagem perante a mídia e a sociedade anda bem rabiscada, essas iniciativas são elogiadas e envolvem cada vez mais pessoas ao compartilharem ações, conhecimento e intenções que fortalecem desejos comuns ao invés de contra atacarem os que pensam diferente de nós. E é exatamente isso que queremos divulgar na nossa série Cristãos Invisíveis – iniciativas lideradas por cristãos.

No fim, você vai perceber que em todas as publicações da série a pergunta: Como você enxerga o evangelho aplicado no seu projeto? se repete, afinal essa foi nossa principal intenção – expor o evangelho que existe por trás da causa.

Além de acompanhar as postagens, você também pode sugerir projetos através nosso contato 🙂


#02 // Cristão Invisíveis, post de hoje:

Mode.fica

 

valores

“Nós sabemos que não vamos mudar o mundo, mas temos certeza que juntas, e compartilhando informações, podemos fazer a diferença.”

Fundadora:  Marina Colerato

Sobre a plataforma:  “O Mode.Fica é uma plataforma para mulheres feita por mulheres e tem como princípio básico a moda e o estilo de vida consciente. Esse consciente quer dizer: valorizar a moda e a cultura Brasileira, respeitar os animais – todos os animais – e o meio ambiente, entender o impacto das nossas escolhas de consumo para o mundo e mostrar que é fácil fazer substituições na hora de consumir moda e estilo de vida que vão, na prática, tornar o mundo em que vivemos melhor.

Abordando quatro vertentes éticas (que tem em comum o princípio de amor e respeito): o veganismo, o viver crueltyfree, a valorização do feito à mão e a moda consciente.”

modefica1Marina Colerato falando em um dos encontro promovidos pelo Modefica 

Mais do que trazer conteúdo inovador sobre beleza, comportamento e estilo de vida, o Modefica propõe  desafios e práticas a cada nova publicação. E para provar que é possível consumir de forma consciente e simples, a plataforma ainda tem um loja online com diversos produtos  novos e seminovos (super estilosos, por sinal).

Hoje a equipe é formada por 7 integrantes, todas mulheres, que contribuem para um dos principais diferencias do site:  a forma de abordagem. Através de um comunicação atual e carregada de design, elas mostram que levar um estilo de vida sustentável e saudável, pode ser bem divertido.

A plataforma ultrapassa o mundo online e organiza encontros, workshops e bazeres. No Modefica Offline, mulheres são convidadas a conversar sobre assuntos do universo feminino, expor produtos, compartilhar da vida e fortalecer a causa.

calca

 

Em um mundo onde o consumismo já provou ser insustentável e pessoas vendem a alma para comprar um corpo (ou uma ilusão), iniciativas como essa, mais do que relevantes são urgentes e essenciais.

 

Como ela enxergam o evangelho aplicado no Mode.fica?

O Modefica nasceu de uma evolução espiritual minha. Eu acredito que não faz sentido você praticar a crueldade para com o animais sendo cristã. Se Jesus entrasse em qualquer matadouro hoje, ele repudiaria o ato. É totalmente cruel e insano. Conforme eu fui evoluindo espiritualmente e conhecendo as verdades por trás do consumo de animais, foi inevitável a jornada e foi inevitável querer levar isso para mais pessoas. O mesmo aconteceu com a imersão da moda consciente, se você pega o jeito que a indústria produz hoje, é cruel com o planeta e com as pessoas, mulheres jovens em condições horrorosas, sofrendo abusos em fábricas financiadas pelo ocidente. O cristianismo tem a ver com caridade e altruísmo, ser consciente e consumir com responsabilidade é um ato de altruísmo e caridade, pode não ser o jeito mais fácil, se formos considerar como a sociedade é moldada, mas é o jeito que eu acredito que deve ser. Mas assim, eu acredito que não dá pra pessoa se libertar dos hábitos (seja ele comer animais, ou comprar moda baratinha) se ela não valorizar mais o espiritual e menos o terreno. Tudo é vaidade e muito é egoísmo, e isso é muito enraizado na nossa cultura, não é fácil se libertar. Não dá pra simplesmente “acordar e ser diferente”. Precisa de uma prática espiritual, ate pra ter força mesmo de “remar contra a maré” todos os dias. Por isso que eu sempre falo que o Modefica nasceu em mim primeira, de experiência de vida, maturidade emocional e espiritual. Sem isso, ele não existiria porque sem Deus eu não seria pessoa que eu sou hoje e muito do que eu sou hoje está refletido no Modefica. Então é muito intrisico. E pra tudo que eu vou fazer no Modefica, eu busco a guia de Deus.  Marina Colerato

10923603_1011692662190736_4198494248227692852_n

people

horta12063884_1196419727051361_8347295911088727257_n

 

Observação: o Modefica não é uma plataforma evangélica ou uma iniciativa de uma igreja, ele foi fundado por uma cristã, mas atualmente conta com colaboradoras e parceiros com e sem religião. A proposta dessa publicação é mostrar como é possível aplicar principios bíblicos para gerar impacto positivo em qualquer área da sociedade. Fique a vontade para compartilhar e partilhar dessa iniciativa. 🙂 

No more articles
Fé inteligente todo mês na sua caixa de entrada?