Os refugiados sírios e como ir além da oração

1

O Brasil tem se tornado o principal destino dos refugiados sírios, mesmo com o alerta do Diretor Executivo da Action Aid Internacional em entrevista para a BBC  afirmando que “eles podem ser alvos fáceis para redes de exploração de trabalho escravo.” O Brasil acolhe mais refugiados que os países da rota europeia. Desde 2011, mais de 2.077 sírios já receberam status de refugiados do governo brasileiro. Segundo a ONU, mais de 365 mil sírios cruzaram o Mediterrâneo e mais de 2.700 morreram na travessia. Essa tem sido a maior crise de refugiados que o mundo já enfrentou depois da 2ª Guerra Mundial (se você só tem ouvido comentários, mas não sabe ao certo o que está acontecendo, dá uma lida aqui, esse post explica de uma forma simples e objetiva a situação atual)

Na Bíblia encontramos versículos com recomendações claras sobre como devemos tratar os estrangeiros, em Êxodo 22:20 está escrito: “Não afligirás o estrangeiro nem o oprimido, pois vós mesmos fostes estrangeiros no país do Egito”. Deuteronômio 10:18 afirma que quem ama o estrangeiro demonstra dando-lhe pão e roupa. Nos evangelhos do Novo Testamento é comum vermos passagens em que o estrangeiro é protagonista. Até o próprio Cristo se diz forasteiro. O fato é que ficar de braços cruzados não é uma opção para aqueles que dizem ser seguidores do Mestre e orar por eles é o começo. Porém não é tudo o que podemos fazer. Abaixo listamos algumas iniciativas de organizações em prol do acolhimento aos refugiados e a maneira como podemos colaborar. Leia de coração aberto:

Compassiva LAR

compassiva

Missão: o projeto Levando Ajuda ao Refugiado (LAR) nasceu como uma resposta às necessidades mais básicas e urgentes de refugiados e solicitantes de refúgios sírios em solo brasileiro, sobretudo na cidade de São Paulo. Seu objetivo é amparar essas pessoas e auxiliá-las em sua adaptação/inserção em nossa sociedade, proporcionando um ambiente de aprendizado e convivência que seja mais do que simplesmente um lugar seguro.

Ações: curso de Português, regularização de Documentos, auxilio na busca por trabalho e amparo.

Como ajudar: se voluntariando para uma das ações acima ou entrando em contato com o lar@compassiva.org.br para ajudas mais específicas.

Mais no Mundo

Missão: auxiliar a Igreja sofredora em todos os cantos do mundo.

A organização missionária Mais no Mundo criou um projeto em parceria com várias igrejas para o acolhimento de refugiados cristãos que, por motivos de guerra, perseguição religiosa, pobreza extrema ou desastres naturais, não possuam mais condições de permanecerem em seus países e necessitam buscar o refúgio.

Ações: atendimento pastoral, emocional, médico, odontológico, assistência documental e reintegração social (aprendizado do idioma e reinserção no mercado profissional).

Como ajudar: é possível enviar um cadastro no site, informando qual tipo de ajuda você deseja oferecer. Entre as opções estão a ajuda financeira, mobilização e ser uma igreja acolhedora.

Adus

adus

Missão: atuar em parceria com solicitantes de refúgio, refugiados e pessoas em situação análoga ao refúgio para sua reintegração à sociedade, buscando sua valorização e inserção social, econômica e cultural.

Ações: reintegração social, orientação de trajeto e auxilio jurídico.

Como ajudar: se tornando voluntário, doando bens para os bazares que eles realizam, fazendo doações financeiras ou comprando os produtos online através do plugin Polen que redireciona de 1% a 12% do valor da compra para a instituição. Confira os detalhes no site deles .

Rede Cáritas

caritas

Missão: testemunhar e anunciar o Evangelho de Jesus Cristo, defendendo e promovendo a vida e participando da construção solidária de uma sociedade justa, igualitária e plural, junto com as pessoas em situação de exclusão social.

Ações: a Rede Cáritas conta com o apoio da ONU e do Ministério da Justiça para a realização dos programas de acolhimento, proteção legal e integração local.

Como ajudar: doação financeira, voluntariado, doação de alimentos e roupas, parceria em serviços, locação dos espaços da Rede Caritas e doação de materiais para Leilão. As informações completas estão no site.

Jobs for Refugess

jobs

 

Missão: ajudar os refugiados a começar uma carreira em seu novo ambiente.

Ações: é uma plataforma global para cadastramento e busca de oportunidades voltadas para refugiados

Como ajudar: compartilhando o site jobsforrefugees.com

Para quem possui negócio próprio a maior ajuda é o cadastramento de oportunidades para os refugiados, levando em consideração que muitos são de mão de obra capacitada e não uma opção barata de execução de tarefas.

No more articles
Fé inteligente todo mês na sua caixa de entrada?