6 presentes de Natal que as pessoas não pedem mas querem ganhar

0

Natal é sinônimo de várias coisas, principalmente de ganhar presentes. As pessoas até perdoam quem não dá nada no aniversário. Agora, se não chegar com pelo menos com um panetone no Natal, ai o clima esquenta.

Nos último anos, a data religiosa tem sido um dos principais motores do comércio mundial. Milhares de pessoas circulam pelas ruas em busca de enfeites, luzes e presentes para concluírem a missão de montar uma cena de Natal perfeita, desde a ceia até a troca de mimos.

É normal que nesse contexto a frase “o que você quer ganhar do Natal” seja uma das mais repetidas. Embora a pergunta seja objetiva, muitas vezes a resposta vem em tom subjetivo. Os produtos roubam o espaço de atitudes. Por exemplo, a namorada pode responder ao namorado que quer um anel de brilhante ou uma aliança de ouro branco, mas intrinsecamente o que ela quer é o compromisso público e fidelidade dele, ou seja, atitudes que não cabem dentro de uma caixinha de pelúcia. É com esse raciocínio que listamos os pedidos abaixo:

 

1. Amor – o mais pedido

Dificilmente alguém vai pedir isso diretamente, mas no fundo é o que todos querem, por isso não dar nenhum presente está relacionado a “não te amo”. Por outro lado, existem pessoas que acreditam que precisam dar o presente mais caro para demostrar o quanto amam. Porém, o sentimento de amor está mais relacionado ao “personalizado”, ou seja, o quanto aquele presente demonstra que você se preocupou com quem vai receber.

Por isso, se você tem interesse em demonstrar amor para quem está presenteando, inclua uma carta de próprio punho ou fotos impressas com um recadinho atrás. Isso vale mais do qualquer cupom fiscal de 6 dígitos. E se puder entregar pessoalmente, melhor ainda. Expor o coração e a alma são essenciais para presentear amor. Lembre-se que as palavras tem poder pra isso. #twhpfellings

2. Alegria – onde vende?

O Natal é uma data intensa, por mais que você não acredite no significado original, é impossível escapar desse clima. Por todos os cantos existem elementos natalinos. Porém, o que para muitos é uma data feliz, para os que não se enxergam no padrão de Natal (que inclui família feliz, saúde, fartura) é uma época bem triste.

Presentear com alegria inclui querer estar junto. Incluir uma pessoa no seu momento feliz só por obrigação ou desencargo de consciência não alegra ninguém. Para isso vale um exercício, afinal muitas dessas pessoas, num primeiro momento, vão fazer comentários pessimistas, o que é meio irritante e quebra clima, porém com um pouco de paciência, você vai conseguir “contaminá-la”com o poderoso espirito do Natal.

Passear por locais decorados, tocar a pessoa ou tirar fotos juntos ajudam a gerar euforia – o que para muitos é sinônimo de alegria. Quantos mais pessoas conseguir mobilizar, melhor. A alegria é fortemente associada ao coletivo. Essa sensação pode sim ser passageira e chega um momento que a vida volta ao real, porém as lembranças duram por um bom tempo e podem ser uma esperança por dias melhores.

 

3. Gratidão – a preços promocionais

Não é simplesmente dizer obrigado. É lembrar de um fato específico e dizer o quanto aquela pessoa foi importante para que algo acontecesse. Por ser uma época próxima ao Ano Novo, relembrar fatos que passaram e inserir a presença das pessoas ao seu redor pode ser um dos presentes mais baratos e valiosos que você pode dar nesse Natal. Além do fator “return”, quanto mais você é grato, mais pessoas te agradecem.

 

4. Abraço – últimas unidades

Esse é super comum, porém existe um tipo de abraço que está quase em extinção: é o abraço sincero. Por ser comum “abraçar pessoas”, o ato virou apenas físico e aquele contato que transmitia tantos sentimentos de forma silenciosa está ficando de fora. Aproveite esse Natal para demonstrar seu afeto pelas pessoas queridas abraçando de forma genuína, com um abraço forte e prolongado. Se puder, use os elementos de gratidão acima e mentalize eles enquanto abraça, como em uma oração: de dentro para fora.

 

5. Recordações – só no atacado

Natal é uma data marcante. A maioria das pessoas lembram com detalhes de fatos que aconteceram no Natal. Por isso mais do que recordar, elas querem boas recordações. E é possível presentear isso levando para sua comemoração a melhor versão de si mesmo. Sabe aquela listinha de mil coisas que você prometeu mudar durante o ano? Então, pegue pelo menos 1% (não o vagabundo, óbvio) e coloque em prática nesse dia, você não vai ser o mascarado da noite de Natal, mas sim a pessoa disposta a contribuir com histórias alheias sendo o protagonista e não o vilão.

 

6. Oração – não pode faltar

Mais do que a tradicional oração antes da ceia, orar por uma pessoa (individualmente) é um presente raro e emocionante. Isso porque a oração é um diálogo a três: você, a pessoa e Deus. As palavras que utiliza na oração revelam muito dos seus sentimentos em relação ao outro e materializam o que de fato você deseja para aquela pessoa. Embora o desejo seja uma palavra atrelada ao cunho sexual, ele nada mais é do que a expressão do que você realmente quer que aconteça. E dentro da oração, isso ganha um peso maior ainda, pois é você dizendo o que quer para um Deus que é capaz de realizar todas as coisas. Desejar o bem em forma de oração é um presente incrível!

 

 

 

No more articles
Fé inteligente todo mês na sua caixa de entrada?