O evangelho e as celebridades

0
No último mês, estreiou um novo reality show com o pastor Rich Wilkerson Jr. e sua esposa DawnCheré, ambos líderes da Vous Church de Miami, no canal americano Oxygen. O show chamou alguma atenção porque o ministro Wilkerson foi quem fez a cerimônia de casamento de Kanye West e Kim Kardashian.

 

rich

Rich Wilkerson Jr e sua esposa DawnCheré

Eu tive a chance de recentemente ouví-lo falar em uma conferência e uma discussão surgiu entre o nosso próprio pessoal da igreja a respeito se o que ele e sua esposa estão fazendo é certo ou apropriado. Embora nem todos preferem seu estilo de apresentação, Rich falou corajosamente sobre a grandeza de Jesus e quanto somos amados por nosso Salvador.

Muitos cristãos têm criticado as escolhas de Wilkerson em fazer amizade com celebridades e realizar este reality-show. Mas uma das coisas que ele discutiu em entrevista após esse show é o fato de que Deus está lhe dando influência nos círculos que a maioria de nós nunca seria capaz de acessar. Eu amei isso.

Os líderes precisam de acesso para ganhar influência, porque você não pode influenciar as pessoas que não estão prestando atenção em você.

 

maxresdefault

Rich Wilkerson Jr e Justin Bieber 

Os “notórios pecadores” dos dias de Jesus não estavam sendo trazidos mais perto de Deus pelos líderes religiosos da época, porque esses líderes não tinham influência com eles. Jesus foi em casamentos, festas, jantares e construiu relacionamentos. Vidas foram mudadas por causa disso. Isso é uma parte importante: Jesus não se limitou a construir amizades – elas foram “fruto do seu ministério”.

O mundo precisa de cristãos dispostos a ser influência em todas as diferentes áreas da nossa cultura – isto significa que precisamos de “celebridades” cristãs, e não apenas “celebridades” nas esferas da igreja. Aqueles que tiverem acesso são responsáveis ​​em apontar um relacionamento saudável e íntegro com Deus.

Definir o Clima

Em vez de julgar ou criticar as pessoas como Rich and DawnCheré Wilkerson, devemos orar por eles, para que Deus opere uma verdadeira mudança de vida por meio deles e que todos ouçam a “Boa Nova” de Jesus que eles estão proclamando.

Em Strength to Love (Força para Amar), Martin Luther King Jr. defendeu que os cristãos devem ser termostatos na sociedade, em vez de termômetros. Isto é, devemos ser a criação de um clima, e não simplesmente relatá-lo.

Nos lugares onde encontramos as portas abertas para construir relacionamentos e compartilhar uma mensagem, vamos vê-lo como um dom de Deus. Não só a um nível individual, mas como um todo, onde a Igreja é bem-vinda, nós nos alegraremos.

Nos foi confiada a Boa Nova que Deus nos ama e quer restaurar e resgatar-nos. Essa mensagem nunca deve mudar, mas a nossa forma de entregar essa mensagem nunca deve permanecer igual. Para dizer de outra forma, a mensagem está na caneta, o método é o lápis.

Se você, como eu, só fala português, você deve ser grato por isso. Se ninguém nunca tivesse traduzido a mensagem de Jesus na língua que eu entendo, seria mais provável eu não ser um seguidor de Cristo hoje.

Alguém decidiu que a mensagem de Jesus precisava de um novo veículo. A música que você canta na igreja foi escrita centenas ou milhares de anos após Jesus andar nesta terra. Nossas tradições mais antigas estavam em um tempo de inovações.

Com isto em mente, que o nosso apelo a fazer discípulos que amam a Jesus em nosso mundo envolva fazer o Evangelho conhecido em todo o mundo. Aqui vão algumas maneiras de como cada uma de nós pode ajudar a Grande Comissão dada a nós por Jesus:

Mantenha Jesus no Centro de sua devoção, não a sua forma preferida de influenciar

Eu tenho certas preferências quando se trata de música, arte, entretenimento e igreja, mas eu também tento manter em mente aquilo que o apóstolo Paulo diz sobre ser crucificado com Cristo, e Jesus também diz que eu deveria estar preparado para perder a minha vida pelo Evangelho. Quão disposto eu deveria estar para deixar minhas preferências pessoais?

Se a Boa Nova de Jesus é o meu principal objetivo, posso me alegrar quando essa notícia é compartilhada por qualquer um e para qualquer um.

Procure lugares onde você tem Portas Abertas para influenciar

Você pode ou não desejar ter acesso a pessoas famosas. O fato de que Deus deu a alguns pastores o acesso pode ou não ser algo que você deva concordar, mas eu, pessoalmente, tendo a confiar em Deus nessas situações.

Se Deus tivesse me perguntado se ele deveria usar um homem chamado Saulo, aquele que estava tentando destruir o cristianismo para fazer parte como um contribuinte para a escrita da Bíblia, eu certamente ficaria preocupado com isso. Ainda bem que Deus é capaz de cuidar do Corpo de Cristo sem a minha orientação.

Em vez de querer ou exigir que Deus dê influência em uma área particular, por que não dar uma olhada ao redor e perguntar onde Deus está me dando uma ‘porta aberta’?

Talvez seja com os seus colegas de trabalho ou de escola, amigos dos seus pais,  ou em um meetup com pessoas que têm paixões semelhantes. Talvez você tenha um blog ou faça fotografia. Você tem uma voz, simplesmente use essa voz para declarar as maravilhas de Deus quando uma oportunidade surgir. Isso é usar a sua influência onde Deus permite para que você possa de alguma forma mudar as coisas as seu redor.

Avalie se você está vendo Frutos

Aqui está a linha de fundo: a parábola dos talentos nos ensina que não é sobre o que você ganhou, é sobre o que você faz com isso.

Se você tem influência sobre multidões ou influência sobre um ou dois, como você está usando isso para apontar a vida abundante que Jesus promete a seus seguidores?

Se não, eu iria encorajá-lo amorosamente a não tentar expandir sua influência. Jesus procurou novas pessoas em novos métodos e Ele continuamente viu resultados disso.

Posso ir em muitas festas e “ser como Jesus”, mas se algo diferente não acontecer na vida das pessoas que estão ali eu estaria apenas servindo a mim mesmo.

Se o que estou fazendo está em verdadeiro serviço a Deus, eu acredito que haverá provas e frutos disso. Eu não estou tentando fazer o velho truque de alguns pregadores em fazer você se sentir mal por não ter “salvo ninguém” recentemente. Eu estou falando sobre a expansão do Reino de Deus para aqueles que ainda não descobriram a vida que é compartilhada com todos aqueles que O receberam.

Eu espero que você se junte a mim em oração para as pessoas que receberam influência em nosso mundo. Se você concorda com tudo o que elas fazem ou não, a Boa Nova de Jesus está sendo compartilhada, é este o objetivo mais importante que nós temos. Meu desejo é que as pessoas ouçam e conheçam o amor de Deus independente da maneira como isso será feito e que isso traga alegria e paz aos seus corações.

 

 

 

 

Traduzido e adaptado por Paulo Neitzke. Original aqui.

No more articles
Fé inteligente todo mês na sua caixa de entrada?