Evitando a pior forma de falhar

0

Eu não tenho medo do fracasso. Tenho medo de ter sucesso em coisas que não importam.

Você pode reconhecer essas palavras como pertencendo ao grande missionário William Carey, que estava dando voz aos pensamentos que muitos de nós temos em um momento ou outro. Há um monte de coisas na vida que eu poderia fazer, há um monte de coisas na vida que eu poderia obter sucesso, mas chegamos a perceber que existem muito poucos que realmente importam. Há poucos que irão fazer a diferença para o mundo e para as pessoas que se preocupam. Sabemos que seria trágico olhar para trás e ver que tínhamos conseguido todos os tipos de pequenas coisas, mas que falhamos nas coisas maiores.

 

Basta pensar como muitas pessoas têm ido para a sepultura com riqueza extravagante e todos os tipos de bens agradáveis, mas com um casamento desfeito e com crianças que mal o conhecem. Eu fiquei recentemente com uma família cujo vizinho tinha construído uma casa enorme, mas que viveu lá sozinho. Ele e sua esposa tinham construído para viverem juntos e, em seguida, aumentaram ainda mais, para que pudessem realizar grandes festas. Mas seu casamento fracassou. Ela o tinha deixado e agora ele estava morando sozinho em um casa gigante como aquela. Por uma medida que tinha conseguido, ele tinha uma casa gigante, um carro impressionante e a riqueza para suportar tudo. Mas por medidas mais importantes, ele tinha falhado. É por essas medidas que ele não tinha nada. Era rico, mas destituído de uma só vez. Ele era um objeto de inveja, mas um objeto de piedade.

 

Não vamos todos viver com esse medo de ter sucesso nas coisas menores da vida e não nas coisas maiores? Não é que essas coisas menores são sempre coisas ruins. Algumas delas são realmente muito boas. É que elas são, por definição, menores coisas. Eles não são questões de primeira importância. Há uma ordem para a vida e todos nós sabemos que às vezes essas coisas menores podem parecer tão atraentes. Elas podem ser tão perturbadoras. Elas podem nos impedir de dar atenção às coisas que importam muito mais.

Ter sucesso em coisas menores ao custo das coisas maiores é a pior forma de fracasso.

 

Veja, viver para ter sucesso com as coisas menores ao custo das coisas maiores é a sua própria forma de fracasso. De que importa se você se tornar CEO, mas perdem a sua família? De que importa se você ganhar a medalha de ouro, mas perdem a sua mulher? Ou como Jesus disse: Que importa se você ganhar o mundo inteiro, mas perder a sua alma (Mateus 16:26)? Nos damos mal em fazer essas avaliações. Estamos tão tentados a jogar fora todas as grandes coisas para ter sucesso com as menores. Há uma solução. A solução para esse tipo de falha é produtividade – produtividade que é definição correta segundo a Bíblia. É esse tipo de definição bíblica ou definição segundo a bíblica de produtividade que nos ajuda a identificar o que mais importa e assim nos ajuda a conquistá-la. Nos ajuda a identificar e buscar as poucas coisas que Deus significa para nós para termos sucesso e para nos ajudar a evitar as milhares de coisas menores que significam menos. Ou, pelo menos, nos ajuda a colocar essas milhões de coisas pequenas no seu devido lugar.

 

A arte da produtividade é a arte de ter sucesso em coisas que importam.

 A arte da produtividade é a arte de ter sucesso em coisas que importam. Na melhor das hipóteses, a produtividade é garantia que você terá sucesso com as coisas que mais importam. Ela tem como objetivo assegurar que um dia você não olhe para trás na sua vida e perceba que você só teve sucesso nas coisas fugazes, nas coisas menores, nas coisas que simplesmente não importam.

 

Eu acredito que você possa ler na Bíblia algo como: Produtividade é efetivamente usar os seus dons, talentos e entusiasmo para o bem de outras pessoas e para a glória de Deus. O que mais importa em tudo é a glória de Deus. Ele nos chama para dar glória a ele em todas as maneiras que pudermos, em todas as áreas da nossa vida e, especialmente, ao fazer o bem aos outros. Isso significa que as coisas maiores na vida são as coisas que nós fazemos por outros, não as coisas que nós fazemos para nós mesmos. As maiores coisas da vida são coisas que beneficiam os outros. As menores coisas são as que beneficiam a nós mesmos.

 

Você quer ter sucesso em coisas maiores da vida? Direcione sua vida para glorificar a Deus amando os outros. Pegue tudo que você é e tudo o que você tem e deliberadamente use para fazer o bem aos outros para que Deus receba a glória.

 

 

 

Traduzido e adaptado por Paulo Neitzke. Original aqui.

No more articles
Fé inteligente todo mês na sua caixa de entrada?