Os insights bíblicos presentes em Doutor Estranho

4

Doutor Estranho é o mais recente filme de super-herói de 2016, um ano que viu um crescimento no número de personagens fantasiados. Mas esse filme em particular é diferente de qualquer outro da Marvel Studios desde que Homem de Ferro se tornou um grande sucesso em 2008.

Esses filmes colocaram a ficção científica, religiões nórdicas, soldados da Segunda Guerra Mundial e até mesmo bandidos do espaço no centro das atenções. Mas Doutor Estranho é o primeiro a sugerir as artes místicas na Terra, ou o mundo natural como nós conhecemos. Esse é um filme que apresenta guerras em dimensões paralelas, por isso faz sentido alguns seguidores de Cristo estarem cautelosos com as idéias e práticas que possam ser expostas durante este filme.

Nem sempre eu converso com o meu pastor sobre os filmes que planejo assistir, principalmente porque, sendo um crítico de cinema, fico impedido de ter muita escolha até certo ponto. Mas dessa vez busquei um insight sobre as implicações espirituais de assistir um filme como Doutor Estranho.

Ele começou com uma pergunta que, para mim, foi mais interessante do que a resposta: “O que o Dr. Estranho (o personagem) está tentando realizar?”

Fiz o meu melhor para explicar as origens desse médico, que virou feiticeiro, com base nos meus anos de leitura dos quadrinhos Marvel e nos trailers exibidos até o momento. Em resposta, ele falou sobre como os cristãos às vezes “travam” quando uma história sobre fenômenos sobrenaturais não é diretamente atribuída a Deus. Existe um medo que desnecessariamente alimentamos quando nós, como seguidores de Cristo, lutamos para evitar idéias externas que desafiam nossa definição de fé.

Por outro lado, podemos aprender através de observações cuidadosas do mundo que vivemos, entendendo Deus através da sua criação e do trabalho de sua criação, sem precisar adaptar o nosso sistema de crenças para acomodar a diversidade da criatividade na narrativa e no entretenimento.

Não importa o filme que eu assisto ou o livro que eu leio, estou sempre à procura da verdade de Deus nas entrelinhas, quer seja na reação ao conteúdo da história ou no reconhecimento de quem é Ele através de linguagem pura.

E é encorajador descobrir que Doutor Estranho é o tipo de filme que convida os seguidores de Cristo para a interpretação prática da história, na medida em que é feito o desafio de enxergar o mundo que vivemos a partir de uma perspectiva diferente.

Doutor Estranho é muito “espiritual” para um filme de super-herói, apresentando uma narrativa que ensina lições úteis para o personagem principal, um cirurgião arrogante que uma vez encontrado sucesso no estudo sem fim do mundo físico, descobriu que há muito mais na lei natural do que aquilo que os nossos sentidos limitados poderiam nos dizer.

O filme não é um comentário pesado sobre apologética sobrenatural, mas desafia o espectador a considerar que existe tanta coisa que não sabemos e muito mais para todos nós aprendermos.

Doutor Estranho apresenta um colorido diferente para um filme de ação, mas não procura mudar as mentes ou crenças de ninguém. No entanto, mesmo a ação do filme tem uma reviravolta surpreendente próximo do final, que serve para minimizar a importância da violência e enfatizar a descoberta de soluções inteligentes para problemas complicados.

Esse filme não é uma típica briga de super-heróis, onde o sub-texto glorifica a realização pessoal através da simples força e determinação. Em vez disso, ele quer que os telespectadores considerem o valor da mente e evitem conflitos por completo.

O filme também mostra uma representação fantástica da guerra que se passa à nossa volta, mesmo que não possamos vê-la. Foi uma cena divertida que incorporou humor e momentos emocionantes, mas que permitia facilmente adotar as óbvias pistas visuais que sugeriam o que muitas passagens bíblicas descrevem como uma guerra espiritual.

2 Coríntios 10: 3-4 vem à mente: “Porque, andando na carne, não militamos segundo a carne. Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas.

Após assistir Doutor Estranho, eu me senti mais animado do que nunca sobre como os filmes podem transmitir a verdade bíblica, mesmo para os não-crentes.

O filme me deu uma plataforma diferente para discutir sobre a fé, sem precisar argumentar se a minha crença é certa e o da outra pessoa é errada, permitindo salientar que o mundo está faminto de perguntas sobre a alma e o que não conseguimos enxergar à nossa frente. Ele me possibilitou questionar se talvez estejamos negligenciando algo no momento que chegamos a conclusões sobre a vida, as leis físicas e absolutamente todo o resto que reside em nosso meio.

O fato é que Doutor Estranho pode nos ajudar contribuindo com esses tipos de conversa e ainda assim proporcionar uma experiência divertida.

Traduzido e Adaptado por Gustavo Neves. Original aqui.

No more articles
Fé inteligente todo mês na sua caixa de entrada?