3 desabafos em forma de rima

0

Os salmos inspiram muitas canções, os sentimentos expressos em palavras pelo salmista combinado com melodias angelicais estão presentes em cada culto, seja embalado por palmas ou mãos levantadas. As músicas abaixo não são do tipo angelical, que combinaria com harpa ou violino e nem que você fecharia os olhos para acompanhar enquanto louva, porém elas tem um ponto em comum (e forte) com os salmos: elas desabafam.

Se muito do que lemos na bíblia gera uma enorme empatia com o que vivemos hoje apesar de tanto tempo depois de escrito, é porque, além de ter sido inspirado e discernido pelo Espirito Santo, foi escrito sem censura, não no sentido baixo da palavra, mas em não ter expressões poupadas para se descrever aquilo que era sentido, tanto de bom quanto de ruim.

Os salmos desabafam momentos difíceis, quase que em tom de indignação de alguém que se relacionava com Deus como quem olha para o céu e enxerga “olho no olho”. Nos relatos de alegria é possível sentir a vibração das comemorações e a gratidão a Deus, sem economia de verso (salmo 119 que o diga), sem poupar termos, sorrisos e lágrimas, abundantes de graça e semântica. As 3 músicas abaixo, vem no mesmo tom , colocando a gente pra pensar sobre as nossas rimas, o nosso som e a nossa alma. Lets play, brother!

 

1. O último cristão – Victor Kivtz

Só o começo da música já vale muito sermão de domingo..

 

2. Broken – Lecrae feat Kari Jobe

“Todos os pedaços no chão

Eu quebrei todos os sonhos
Que eu pensei ter encontrado
E você me restaurou
Eu preciso da sua graça pro meu defeito
Deus eu estou quebrado nessa bagunça que eu fiz
Eu preciso de você para me restaurar”

 

 

3. Vem

Uma declaração de amor e dependência a Deus, mesmo sem pronunciar o nome do Grande Eu sou, toda a composição nos leva a essa sintonia.  Mah Mundi é cristã e em uma entrevista após vencer o prêmio Multishow (na categoria melhor canção com a música Sentimento) perguntaram como ela se tornou uma musicista tão diversa, sua resposta foi: “Foi a Igreja. Sou cristã e sem dúvida, o meu maior tesouro foi aprender tudo lá. O que a gente aprende desde cedo é cantar louvores e doar o coração em busca de agradecer a tudo que recebemos; todas essas palavras soam muito fortes na minha vida até hoje. Por isso o amor por canção e por fazer soar tantos sentimentos bons.”

 

No more articles
Fé inteligente todo mês na sua caixa de entrada?